Mostrando 655 resultados

descrição arquivística
Com objeto digital
Visualização de impressão Ver:

Theatro Municipal

  • BR RJMHN TM
  • Coleção
  • 1909-2009

Documentos relacionados aos eventos do Theatro Municipal do Rio de Janeiro.

Theatro Municipal

Insígnias

  • BR RJMHN IN
  • Coleção
  • [18?] - 2014

Bandeiras de vários Estados brasileiros (Sergipe, Paraná, Piauí); Brasões ( Sergipe, Paraná, Rio Grande do Norte, Minas Gerais, Pernambuco, Alagoas); Recorte de Jornais sobre brasões e bandeiras.

Diversos

Vista Geral da Exposição Nacional de 1908

Vê-se os morros da Urca e Babilônia, a Porta Monumental da Exposição, o pavilhão dos Estados, o pavilhão do Distrito Federal, o pavilhão de Minas Gerais, o pavilhão de São Paulo. Vê-se também o público chegando à exposição e a ponte de acesso.

Pedra da Urca

Vê-se o morro da Urca e o píer e o canteiro de obras para a construção dos pavilhões da exposição.

Pavilhão da Bahia

Vê-se no canto superior direito a propaganda "Esta cobertura é de Ruberoid" em um pavilhão não identificado.

Eleições

  • Coleção
  • [1954]-2022

Coleção formada por propaganda eleitoral, conhecidos "santinhos" , de vários partidos como PT, PSDB, PMDB, PDT, de cargos de deputado estadual, federal, senador, presidência, senador, vereador e prefeito, impressa entre [1954] e 2022.

Diversos

Partituras

  • BR RJMHN PT
  • Coleção
  • 1888-1940

Partitura de Francisco Manoel da Silva em homenagem a D. Pedro II; Partituras do Hino Nacional Brasileiro, Hino Republicano, Hino de Guerra.

Diversos

Textuais Avulsos

  • Coleção
  • 1664-2015

Documentação textual oriunda de vários titulares, bem como documentos públicos. Atas, decretos, nomeações, ofícios, provisões, relatórios, requerimentos, cartas, telegramas, convites, ordens de pagamento, cartas patente, consultas, listas e relações, atestados, ordens do dia, artigos, biografias, obras literárias, poemas, atestados, certidões, diplomas, etc.

Diversos

Albuns Iconográficos

  • BR RJMHN ALico
  • Coleção
  • 1878 - 1979

Temas variados, tendo como principal assunto o Rio de Janeiro, com imagens de monumentos e paisagens. Há também imagens de Brasília, Minas Gerais, Curitiba, São Paulo e de outros países como Escócia, França-Paris, Alemanha. Há cromos com imagens de crianças, flores. Álbum com propagandas de lojas da região Nordeste e algumas do Rio de Janeiro. Fotografias: paisagens da antiga estrada de ferro entre Minas Gerais e Rio de Janeiro, ano de [1882]; de estabelecimentos alimentícios da Zona Oeste do Rio de Janeiro, da década de 1940.

Diversos

Frederico Tironi

  • BR RJMHN TR
  • Coleção
  • Século XIX

A Coleção Iconografia Tironi por 1 álbum composto por 68 desenhos a crayon encadernados, preparados como estudos para o quadro “Juramento Constitucional da Princesa Isabel, herdeira presumptiva da coroa (29 de junho de 1860)”, óleo sobre tela do mesmo autor, que se encontra no próprio MHN. Foram anexados à coleção 2 esquemas para identificação do quadro, totalizando 70 peças.

Frederico Tirone

Augusto Malta

  • BR RJMHN MT
  • Coleção
  • 1906 - 1930

Iconografia do Rio de Janeiro, principalmente do Centro da Cidade, do início do século 20 e imagens da Exposição do Centenário da Independência do Brasil, comemorado em 1922.

Augusto César Malta de Campos

Panair do Brasil

  • BR RJMHN PB
  • Coleção
  • 1930 - 2006

Fotografias das aeronaves e dos funcionários em seus locais de trabalho, documentos relativos às viagens realizadas pela Panair, alguma correspondência, material de propaganda da empresa e do Brasil como calendários, guias turísticos de cidades onde a empresa atuava, lembranças das viagens oferecidas aos passageiros. Na coleção também consta documentação da Família Panair.

Panair do Brasil S. A.

Escrava de ganho vendedora

Negra de pé sem turbante e um tabuleiro montado em cima de quatro pés madeira desmontáveis

José Christiano de Freitas Henriques Júnior

Escrava - Crioula

Negra de turbante, busto

José Christiano de Freitas Henriques Júnior

Escravo - Mina

Negro sem camisa, busto

José Christiano de Freitas Henriques Júnior

Escravo - Monjolo

Negro sem camisa, busto

José Christiano de Freitas Henriques Júnior

[A catástrofe do Aquidaban]

Resumo: cena do naufrágio do Aquidabã, encouraçado de nossa Marinha, em 21/06/1906, em conseqüência de explosão, na baía de Jacuacanga (Ilha Grande), fazendo elevado número de vítimas. Era seu comandante o capitão de fragata Artur da Serra Pinto, que também sucumbiu. Ao alto, da estampa, os retratos das seguintes vítimas do desastre com exceção de 03: Júlio César Noronha (salvo), Rodrigues da Rocha, João Cândido Brasil, Calheiros da Graça, Serra Pinto, Luís Henrique de Noronha, João Augusto Santos Porto, João Pedro Alves de Barros, Dr. Prudêncio Augusto Suzano Brandão (salvo), José Ferreira dos Santos, João Gomes da Silva, Horácio Guimarães, Enéas Gustavo Cadaval, Oscar Viana, Benjamim de Arruda Câmara, Luís Novais da Silva, Mário Noronha, Mario Roxo (salvo), Luís José de Santana, Alfredo Antônio da Silva Coelho, José Carlos do Nascimento, Oscar Osvaldo Suzano, Magalhães Braga, Raul Elísio Daltro (salvo), Morais e Silva, Erhardt Brand e o filho deste.
Em: publicado em “O Malho”, periódico carioca.

Angelo Agostini

Attentado contra o Dr. Prudente de Moraes, Presidente da República, e assassinato do Ministro da Guerra

Attentado contra o Dr. Prudente de Moraes, Presidente da República, e assassinato do Ministro da Guerra, no dia 05 de novembro de 1897, no Arsenal de Guerra: Ao heróico Marechal C. Machado Bittencourt, morto em defeza do Presidente da República, quando procurou subjugar o assassino.
Resumo: cena do atentado que ocorreu quando o Presidente, que fora a bordo do paquete Espírito Santo, levar as boas vindas ao Gal. João da Silva Barbosa, que regressava vitorioso de Canudos, ao desembarcar no pontilhão fronteiro ao Arsenal de Guerra, foi atacado por Marcelino Bispo de Melo. Ao defender o presid. o Mal. Carlos Machado Bittencourt foi mortalmente apunhalado pelo assassino. No centro da composição, num medalhão, o retrato do Min. da Guerra. Acima, a cena da ocorrência: Cel. Mendes de Morais (Chefe da Casa Militar da Presid.), Ten. Cunha Morais, Cel. João Neiva (Diretor do Arsenal), Cel. Tomé Cordeiro, div. Oficiais, o Presid. da Rep. e o Mal. Bittencourt segurando o assassino que está armado de um punhal após ter falhado o tiro de garrucha que desferira. Num medalhão, à esq., o retrato do Cel. M. de Moraes. Embaixo, Marcelino B. de M. A seguir, um aspecto da ovação pop. ao Presid., à saída do Cemit. S. J. Batista, onde fora sepultado o Ministro da Guerra.
Em: publicado no suplemento do jornal “Don Quixote”, ano 3, nº 88.

Angelo Agostini

Agostinho Ermelino de Leão

  • BR RJMHN AT
  • Coleção
  • 1825-1832

Documentos públicos (alvará, cartas imperiais e portaria) envolvendo o titular.

Agostinho Ermelino de Leão

Resultados 101 a 150 de 655